Coluna 1

Versos de Amor para quem Mora longe

  • "É só você que me provoca essa saudade vazia Tentando pintar essas flores com o nome De amor-perfeito E não-te-esqueças-de-mim"

    Renato Russo

  • "Um amor bem verdadeiro, uma vida bem íntima com uma mulher, a quem se queira como amante, que se estime como irmã, que se venere com mãe, que se proteja como filha, é evidentemente o destino mais natural ao homem, o complemento da sua missão na terra."

    Júlio Dinis

  • "Vós, que sofreis, porque amais, amai ainda mais. Morrer de amor é viver dele."

    Victor Hugo

  • "O amor não se define; sente-se."

    Séneca

  • "O amor é a asa veloz que Deus deu à alma para que ela voe até o céu."

    Michelangelo

  • "O amor é a compensação da morte."

    Arthur Schopenhauer

  • "Nos ciúmes existe mais amor-próprio do que verdadeiro amor."

    François La Rochefoucauld

  • "Correndo o risco do fracasso,das decepções,das desilusões,mas nunca deixando de buscar o amor. Quem não desistir da busca,vencerá!"

    Paulo Coelho

  • "O amor é cego, a amizade fecha os olhos."

    Blaise Pascal

  • "Não peca quem peca por amor."

    Oscar Wilde

  • "O oposto do amor não é o ódio, mas a indiferença."

    Erico Verissimo

  • "Quem começa a entender o amor, a explicá-lo, a qualificá-lo e quantificá-lo, já não está amando."

    Roberto Freire

  • "Amor é bicho instruído Olha: o amor pulou o muro o amor subiu na árvore em tempo de se estrepar. Pronto, o amor se estrepou. Daqui estou vendo o sangue que escorre do corpo andrógino. Essa ferida, meu bem às vezes não sara nunca às vezes sara amanhã."

    Carlos Drummond de Andrade

  • "O amor não se vê com os olhos mas com o coração."

    William Shakespeare

  • "O ódio tem melhor memória do que o amor."

    Honore de Balzac

  • "Onde o amor impera, não há desejo de poder; e onde o poder predomina, há falta de amor. Um é a sombra do outro."

    Carl Jung

  • "O prazer do amor é amar e sentirmo-nos mais felizes pela paixão que sentimos do que pela que inspiramos."

    François La Rochefoucauld

  • "Mas, conquanto não pode haver desgosto Onde esperança falta, lá me esconde Amor um mal, que mata e não se vê; Que dias há que na alma me tem posto Um não sei quê, que nasce não sei onde, Vem não sei como, e dói não sei porquê."

    Luis de camoes

  • "?O amor é uma força, uma energia, que se manifesta Na alma como um sentimento de lembrança de algo Que a alma já teve, mas perdeu.?"

    Platão

  • "Amizade: quando o silêncio a dois não se torna incômodo. Amor: quando o silêncio a dois se torna cômodo."

    Mário Quintana

Coluna 3