Coluna 1

Versos de Amor para quem Mora longe

  • "Amor só descansa quando morre.Um amor vivo é um amor em conflito."

    Paulo Coelho

  • "As mais lindas palavras de amor são ditas no silêncio de um olhar."

    Leonardo da Vinci

  • "Amar, porque nada melhor para a saúde que um amor correspondido."

    Vinícius de Moraes

  • "O amor é quando começamos por nos enganar a nós próprios e acabamos por enganar a outra pessoa."

    Oscar Wilde

  • "A religião prestou ao amor um grande serviço, fazendo dele um pecado."

    Anatole France

  • "A amizade é o grande palavrão das mulheres, quer para permitir que o amor entre, quer para o pôr fora da porta."

    Charles SaintBeuve

  • "A medida do amor é amar sem medida."

    Victor Hugo

  • "Amor Quando duas pessoas fazem amor Não estão apenas fazendo amor Estão dando corda ao relógio do mundo"

    Mário Quintana

  • "O amor é a única paixão que não admite nem passado nem futuro."

    Honore de Balzac

  • "O verdadeiro nome do amor é cativeiro."

    William Shakespeare

  • "O amor é a força mais sutil do mundo."

    Mahatma Gandhi

  • "Só há um tipo de amor que dura, o não correspondido."

    Woody Allen

  • "A distância faz ao amor aquilo que o vento faz ao fogo: apaga o pequeno, inflama o grande."

    Roger BussyRabutin

  • "O amor é a primeira condição da felicidade do homem."

    Camilo Castelo Branco

  • "Amor e tosse, impossível ocultá-los."

    George Herbert

  • "O amor é a compensação da morte."

    Arthur Schopenhauer

  • "O amor só vive pelo sofrimento e cessa com a felicidade; porque o amor feliz é a perfeição dos mais belos sonhos, e tudo que é perfeito, ou aperfeiçoado, toca o seu fim."

    Camilo Castelo Branco

  • "Todas as cartas de amor são ridículas, não seriam cartas de amor se não fossem ridículas."

    Fernando Pessoa

  • "O amor passa, a amizade volta, mesmo depois de ter adormecido um certo tempo."

    George Sand

  • "Amor é quando é concedido participar um pouco mais. Amor é a grande desilusão de tudo mais. Amor é finalmente a pobreza. Amor é não ter inclusive amor. É a desilusão do que se pensava que era amor. Amor não é prêmio por isso não envaidece."

    Clarice Lispector

Coluna 3